empresas  do bem

 

Há um embate entre o que empresários esperam de seus negócios e o que os consumidores consideram a missão das empresas. Essa dicotomia foi evidenciada por uma pesquisa, publicada na Revista Exame1. Além de gerar empregos (93%), reação óbvia de uma empresa lucrativa, 60% da opinião pública espera que as empresas ajudem a desenvolver o país; 42% que desenvolvam trabalhos comunitários e 31% que alie crescimento à justiça social.

O consultor Peter Drucker, guru dos gurus da área de administração, gosta de contar em suas palestras que as entidades filantrópicas, por menores que sejam, podem ensinar muito às empresas, mesmo às megacorporações multinacionais. Segundo Drucker, essas são instituições versadas na arte de atingir metas impressionantes com recursos exíguos. Em outras palavras, reclamações comuns na vida empresarial, como "não dá", "falta gente" ou "falta dinheiro", são pronunciadas com menos frequência no universo da filantropia. Essas entidades também conhecem como ninguém os segredos de motivar equipes e organizar o trabalho em grupo

Veja por que vale a pena investir na Operação Sorriso e os resultados que pode trazer para sua empresa.

  1. EXAME, O Estigma do Lucro.
  2. FORBES, Six Reasons Companies should embrace CSR.